Como os profissionais de TI podem ser preparar para a Indústria 4.0
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Escrito por JOAO   
Seg, 15 de Janeiro de 2018 17:05

Com fábricas conectadas, tecnologias da informação e comunicação (TIC)integradas e processos inteligentes, a Indústria 4.0 exigirá reciclagem dos profissionais e foco em novas formações, como destaca Gabriel Silva, CEO da One Choice Consulting, consultoria especializada em TI que entrega o candidato já testado e validado ao cliente.

“Os próximos anos serão decisivos para a transformação industrial e os profissionais do futuro deverão ter em mente essa tendência disruptiva, sempre com foco na inovação e em superar paradigmas”, avalia Gabriel, que enfatiza a mudança em todo o modo de produção das empresas, aumentando produtividade e reduzindo custos.

“A tendência é que as pessoas com alta qualificação estejam mais presentes no mercado, que precisará, mais do que nunca, de um líder”, completa Gabriel, destacando o papel fundamental do gestor para alinhar tarefas e motivar a equipe, gradativamente colaborativa.

Outra característica do profissional de TI pronto para a Indústria 4.0 é a flexibilidade, que terá papel fundamental diante das mudanças constantes e oportunidades de aprendizado contínuo.

“Quanto mais ampla for a visão do profissional, melhor ele se sairá. Quem faz apenas o seu trabalho e se isola deve perder espaço nesse mercado de trabalho”, completa o CEO da One Choice, que se posiciona como parceira das empresas no momento de avaliar e recrutar os melhores profissionais de TI do mercado.

A curiosidade será uma característica quase que obrigatória no profissional do futuro, que precisará ficar “antenado” a tudo o que estiver acontecendo no país e no mundo. Assim, ele terá mais terreno fértil para inovar e pensar diferente.

“Estimamos que profissões como cientista de dados ou coordenador de robótica estejam em alta nos próximos anos, demandando alta mão de obra qualificada”, avalia Gabriel, que recomenda começar o quanto antes a se preparar para os desafios da chegada maciça da tecnologia à indústria.

Fonte: CBSI.net.br - acesso : 15/01/2018

Última atualização em Qua, 17 de Janeiro de 2018 17:59